VIVIANE SENNA recebeu hoje (28) o Título de Cidadania Sobralense.

Publicado em: 28/08/2017

          Em concorrida Sessão Solene realizada hoje (28) no teatro São João, em Sobral, presidida pelo vereador Paulo César Lopes Vasconcelos, a Sra. Viviane Senna Lalli recebeu o Título de Cidadania Sobralense. 

          O presidente convidou para compor a mesa: O prefeito municipal de Sobral - Dr. Ivo Ferreira Gomes, a vice-prefeita de Sobral – Christianne Coelho, a vice-governadora – Izolda Cela, o deputado federal – Leônidas Cristino, o reverendíssimo Bispo da Diocese de Sobral – Dom Vasconcelos, o secretário de educação do Estado do Ceará – Idilvan Alencar, a ex-vereadora Francisca de Oliveira Silva (dona Fransquinha Oliveira), autora do Projeto de Decreto Legislativo nº 039/99, que outorgou a cidadania sobralense a Sra. Viviane Senna Lalli, fundadora do Instituto Ayrton Senna, a grande homenageada da tarde.  

          Veja o resumo do pronunciamento do jovem presidente da Câmara de Sobral - Paulo Vasconcelos: “é com imensa alegria que o Legislativo Sobralense faz a entrega do Título de Cidadania Sobralense a Sra. Viviane Senna.

          Sobral é uma cidade viva, que não se acomoda diante das dificuldades e limitações impostas pelas adversidades de sua localização geográfica e socioeconômica.

          Foram grandes os avanços da educação sobralense iniciados em 1997 na administração do prefeito Cid Ferreira Gomes em parceria com a Sra. Viviane Senna; sendo que na época constatou-se que o problema número 1 da má qualidade do ensino brasileiro eram as péssimas administrações, e surgiu então o “Programa Acelera Brasil”. E, Sobral foi um dos primeiros 15 municípios brasileiros escolhidos para a implantação desse programa.

          Sobral apresentava um dos piores índices, pois foi constatado que tínhamos 90%  de defasagem, o que significava que praticamente todas as crianças estavam atrasadas, no mínimo dois anos. No início de 2001 uma nova avaliação identificou que 60% das crianças na segunda série não sabiam ler, assim como 40% na terceira e 20% na quarta. Estávamos diante de um fenômeno denominado de analfabetismo escolar.

          O município sobralense institui como metas:  primeiro alfabetizar 100% das crianças ao final dos sete anos; e a segunda alfabetizar as crianças que estavam no terceiro e quarto anos, que também não estavam alfabetizadas.

          Hoje, 100% das crianças da rede pública municipal de ensino com 7 anos de idade são alfabetizadas e capazes de interpretar textos, com leitura de no mínimo 60 palavras por minuto.

         Com os investimentos estratégicos no setor da educação, Sobral saiu da 1.366ª posição em 2005, e hoje tem a melhor nota do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB), entre mais de 5.570 municípios brasileiros.  

          O Instituto Ayrton Senna tem suas características, porém ele é fundamentado na determinação de sua presidente a Sra. Viviane Senna, que decidiu e investiu suas forças em combater a exclusão social no Brasil.

         Podemos dizer que a Sra. Viviane Senna assumiu em sua vida a palavra de Jesus Cristo que diz: “seja sal e luz para o mundo”.

          Sobral é grata. Parabéns Viviane Senna por ser mais uma cidadã sobralense”.

Matéria e publicação: Edmar Rodrigues (Diretor de Tecnologia da Informação). 

Baixe o nosso aplicativo para iOS e Android.